Liderança


Acredito ser importante discutir sobre liderança e gestão de pessoas no momento em que vivenciamos tantas mudanças no ambiente organizacional provocadas pelos avanços tecnológicos, econômicos, políticos, alterações em processos, modificações em produtos e ainda no comportamento das pessoas, e mais que isso essa tem tornado-se uma vantagem competitiva. Mas antes de mais nada reflita comigo: Qual tipo de líder foi o que mais marcou sua vida? Há quem diga que aqueles que mais marcam são os autocratas, os ditos durões, inflexíveis e opressores, outros destacam a marca deixada por aquele que é comprometido, responsável e inspirador. Ressalto ainda que o líder é mais do que um conjunto de boas intenções ou de características. A liderança antes entendida com nata e intrínseca de cada indivíduo é construída a partir dos relacionamentos e vivências em diferentes equipes, pontuo ainda que não existe uma receita pronta para ser um bom líder e não há garantia de que um bom líder em um time terá a mesma performance em outro. Os grandes líderes influenciam, motivam e inspiram atitudes e comportamentos que colaboram com os resultados e objetivos da equipe, estimulam que a equipe tenha sempre sentimentos positivos mesmo em momentos que demandam grandes mudanças na cultura organizacional. Por outro lado, os grandes líderes e as corporações buscam hoje por profissionais que se diferenciam por possuírem habilidades não encontradas em currículo (hard skills: competências técnicas), essas habilidades dizem respeito a capacidade e resiliência em lidar com pessoas e suas questões emocionais, ou seja, contrata-se as pessoas por competências técnicas e demite-se pela falta de competência em lidar com pessoas, ou falta de competência emocional. (Soft Skills x Hard Skills), tendo como desafio fazer com que as pessoas façam mais, com menos, mais rápido e com mais qualidade. Toda relação de um líder com seu liderado deve ter como base o vínculo de confiança, a comunicação, feedbacks e individualidade, pois um dos piores erros da liderança é tratar as situações e as pessoas da mesma forma. Passe a pensar e praticar a liderança olhando para ela de uma outra maneira e mais que isso leve como máxima uma das frases que ouvi recentemente de um grande mestre na disciplina de gestão de pessoas no MBA que cursei. “A soma das nossas diferenças pessoais é a base da nossa igualdade” (Paulo Maffei). Como você quer ser lembrado por sua equipe? Qual marcas deixará? Até onde quer chegar em sua carreira e vida profissional?

GABRIELA DE CARVALHO

É Gerontóloga, escreve na coluna de Gerontologia do BLOG GERATIVIDADE toda primeira semana do mês.

contato: gabrielacgerontologa@gmail.com

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square