Universidade Aberta à todos


Blog Releitura UNATI UNESP SJC


No mês em que se comemora o dia do Gerontólogo, nada melhor do que lembrarmos dos benefícios que essa linda profissão traz para a sociedade em geral e de como ela pode se relacionar com o profissional do Lazer. Lazer e Gerontologia são duas áreas de atuação distintas, mas que se entrelaçam em diversos momentos, principalmente no que diz respeito à preocupação e atenção com a qualidade de vida do indivíduo.

O Bacharel em Gerontologia recebe formação integrada sobre aspectos e características da velhice, assim como sobre o processo de envelhecimento em sua totalidade. Está preparado para propor, implementar, gerenciar e avaliar programas e ações nesta área, como realizar atividades de capacitação e atualização de profissionais que lidam com a pessoa idosa. O gerontólogo possui como foco central de trabalho a pessoa idosa, a sua família e a sua rede de suporte social, mas também está apto a lidar com demandas advindas do processo de envelhecimento como um todo. Reconhece as dimensões físicas, emocionais e sociofamiliares que integram a vida das pessoas idosas com ênfase na gestão da atenção, pois possui competências pessoais, técnicas (conhecimento, gestão administrativa, microgestão, macrogestão) e gerenciais (liderança, tomada de decisão, gerenciamento de conflitos, visão sistêmica, planejamento, orientação para resultados) que lhe permitem desenvolver e implementar planos de ação (Lima-Silva, T.B., Almeida, E. B.de, Salmazo-Silva, H., Oliveira, E.M.de, Barros, T.C.de, Carvalho, G.de & Ordonez, 2012).

Um profissional do Lazer, quando responsável pela gestão, preocupa-se com um conjunto de tarefas que procuram garantir a implementação e prática da sua área, prezando pela qualidade do aproveitamento do tempo livre concedida ao indivíduo. Ou seja, os gestores como profissionais do lazer, atuam desde o planejamento até a execução de ações de lazer. Ao gestor compete interpretar a política e dar direcionamentos instrumentais para que ela ocorra de forma eficaz (PIMENTEL, 2008, p.2).

Pensando na área de atuação desses dois profissionais, e aplicando a relação à qualidade de vida, achei interessante destacar nesse post a Universidade Aberta à Terceira Idade. A Universidade Aberta nasceu a priori da necessidade dos idosos em preencherem seu tempo livre de maneira produtiva.

“Em meados da década de 1960, na França, surgiram as Universidades do Tempo Livre, instituições que promoviam atividades sociais, culturais e recreativas para adultos maduros e idosos aposentados. Havia a preocupação de apenas entreter, ocupar o tempo livre e favorecer as relações sociais entre essa coorte. As Universidades do Tempo Livre foram precursoras das Universidades da Terceira Idade, que surgiriam no sudoeste da França em 1973 por meio de Pierre Vellas, um renomado professor de direito internacional da Universidade de Ciências Sociais de Toulouse (Cachioni e Palma, 2006).”

Neste contexto, foi criada a Universidade da Terceira Idade que, além de entreter e ocupar o tempo livre dos idosos ou aposentados como faziam as Universidades do Tempo Livre, manifesta-se como um programa de educação permanente de caráter universitário e multidisciplinar voltado a adultos maduros e idosos que potencializam habilidades e capacidade de desenvolvimento na velhice.

Ou seja, um programa que teve seu início como atividade alternativa para preenchimento do tempo livre, tornou-se hoje uma grande oportunidade de aprendizado. O tempo livre nesse caso foi preenchido com os interesses intelectuais, e mesmo os idosos tendo o compromisso de estudantes, há também para eles (pelo fato de não enxergar a escola como uma obrigação tal qual quando eram crianças) a ótica de ser uma atividade inovadora para os momentos de lazer.

Em suma, busca-se, nesses programas, satisfazer o desejo de conhecer, de estar atualizado, de conquistar a própria cidadania, de fazer parte do mundo e nele se desenvolver com saúde e qualidade de vida.


Débora Baungartner

DÉBORA BAUNGARTNER

Turismóloga, escreve na coluna de Lazer e Turismo do BLOG GERATIVIDADE toda segunda semana do mês.

Para contato: debora.baungartner@gmail.com




Posts Em Destaque
Posts Recentes