Saúde da mulher


Saúde da mulher é um assunto que todas nós deveríamos falar sem constrangimento. Mas, na vida real não é bem assim. Existem mitos e tabus em torno desse assunto. Há uma dificuldade de falar de si mesma, de se tocar, de trocar experiências, ou até mesmo de falar desse assunto com seu ginecologista.

Nós mulheres, precisamos nos conhecer, isso é de extrema importância, pois diz respeito ao nosso corpo e a nossa saúde. Para um autoconhecimento é importante se tocar, sentir e observar, pois através do auto exame é possível identificar qualquer alteração para um possível diagnóstico precoce, como por exemplo o de câncer de mama, que é a doença que mais acomete as mulheres.

O auto exame associado a visitas periódicas ao ginecologista para fazer os exames preventivos faz toda a diferença. Quanto mais rápido for o diagnostico, maior a chance de cura para a doença.

Mas, não é só para o câncer de mama que devemos ter atenção e sim para outras alterações, como incontinência urinária, disfunções sexuais e presença de dores, dentre outros sinais que o nosso corpo dá.

Hoje é muito comum encontrar mulheres jovens que ao saírem de casa colocam absorvente por conta de uma pequena perda urinária, e elas acham normal. Não!! Não é normal ter perda urinária em nenhum caso. Este é um dos tipos de incontinência urinária, que pode ocorrer por esforço ou urgência e é comum em mulheres de todas as idades, principalmente após os 45 anos.

É de extrema importância uma avaliação correta de um fisioterapeuta pélvico para indicar o melhor tratamento.


“Se tocar se conhecer é sua responsabilidade como MULHER”


Michele Figueiredo


Fisioterapeuta, Pós Graduada em Cardio-pneumo na Central de Cursos Gama Filho. Cursando Pós Graduação em Fisioterapia Pélvica Uroginecológica Funcional na Faculdade Inspirar. Convidada especial no Blog Geratividade.


Contato: www.facebook.com/michelefigueiredo.fisiopelvica

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square