Lazer na Terceira Idade


Arquivo GerAtividade


Você já parou para pensar o que vai fazer quando se aposentar? Aposto que todos nós estimamos o tempo livre ao nos aposentarmos, mas quantos já refletiram sobre as atividades que podem ser exercidas e quais interesses serão mais relevantes para esse momento da sua vida? Pensamos em poupar dinheiro; fazer exames para prevenção de doenças; exercícios para esbanjar saúde; pensamos até em lugares onde queremos viajar (retomando aqui o tema do post feito há alguns meses atrás, sobre turismo na Terceira Idade), mas não pensamos em como poderemos aproveitar nosso lazer no dia-a-dia. Na velhice, com a interrupção de compromissos profissionais, podemos aprimorar o aproveitamento do tempo ocioso de forma criativa e visando o bem-estar. Com o aumento da expectativa de vida, segundo Antônio Jordão Netto (1997), há “um aumento da vida pós-trabalho, que permite que os aposentados possam desfrutar de forma mais extensa e intensa o seu tempo livre”. Porém, a maioria das pessoas tendem a ficar mais tempo dentro de casa após a aposentadoria, não encontrando muitas maneiras para passar o tempo e criando uma sensação de tédio. Sim, o lazer e entretenimento do idoso não pode ser deixado de lado como se fosse uma tarefa fácil a cumprir e de escolha meramente individual; temos muito trabalho a explorar nesse campo. Deve-se sempre visar o exercício de atividades que sejam compatíveis com a realidade do indivíduo e que ajudem a trazer mais disposição e qualidade de vida. Um exercício físico, como uma simples caminhada na praça ou no parque, reduz a possibilidade de doenças relacionadas ao sedentarismo, além de proporcionar a sensação de bem-estar. Atividades que envolvem artes e cultura também são recomendadas, como leitura, artesanato, cinema, teatro, shows, concertos, museus – um fato bom de se lembrar nesse quesito é que pessoas acima de 60 anos terem direito a 50% de desconto nos ingressos para tais programas.

Os cursos são outra indicação para preenchimento do tempo ocioso nessa fase da vida. Com o aumento da expectativa de vida, a população idosa tem crescido com o decorrer dos anos, e por isso muitas escolas especializadas passaram a disponibilizar aulas para idosos – entre essas opções estão aula de dança, pintura, música e também cursos profissionalizantes.

Os trabalhos sociais também são uma dica para usufruto do tempo que o idoso tem disponível após a sua aposentadoria. Uma atividade que pode trazer benefício para terceiros e para autoestima de quem o pratica, pois é capaz de diminuir sentimentos de falta de perspectiva e inutilidade associados ao fato do ‘ficar em casa’, após o encerramento das atividades profissionais.


São José dos Campos São José dos Campos possui SESC e quatro unidades da Casa do Idoso que oferecem atividades gratuitas nas áreas da assistência social, educação, esportes, recreação, lazer e cultura, além de atendimento médico gratuito. Há cursos regulares que exigem inscrição prévia e atividades livres durante o dia. Veja algumas opções em São José dos Campos:


GERATIVIDADE Rua República do Iraque, 40, Edificio Side Vale Office – Sala 704, Jardim Oswaldo Cruz

Horário de funcionamento: segunda-feira à sábado - necessário agendar horário


SESC

Avenida Adhemar de Barros, 999, Jardim São Dimas

Horário de funcionamento: terça a sexta-feira, das 13h00 às 22h00 / sábados, domingos e feriados, das 10h00 às 19h00


Casa do Idoso - Centro Rua Euclides Miragaia, 508, Centro Horário de funcionamento: segunda à sexta-feira, das 8h00 às 17h00

Casa do Idoso - Sul Avenida Andrômeda, 2.601, Bosque dos Eucaliptos Horário de funcionamento: segunda à sexta-feira, das 8h00 às 17h00

Casa do Idoso - Leste Rua Cidade de Washington, 164, Vista Verde Horário de funcionamento: segunda à sexta-feira, das 8h00 às 17h00

Casa do Idoso - Norte Rua Carlos Belmiro dos Santos, 99, Santana

Horário de funcionamento: segunda à sexta-feira, das 8h00 às 17h00


Melhor SPAço

Rua Ribeirão Claro, 34, Vila Ema

São José dos Campos

Horário de funcionamento: segunda à sexta-feira, das 8h00 às 17h30


Vida Priori Avenida Barão do Rio Branco, 400, Jardim Esplanada Horário de funcionamento: segunda à sexta-feira, das 7h30 às 18h30


Jacareí A cidade possui dois Centros de Convivência para a terceira idade, com oficinas de artesanato, dança, ginástica, caminhada e liang gong, entre outras atividades. O Centro Viva a Vida oferece vagas somente no início do ano. Já o Centro EducaMais aceita inscrições durante o ano todo.

Centro de Convivência do Idoso – EducaMais Rua Engenheiro Davi Monteiro Lino, 595, Parque dos Sinos Horário de funcionamento: segunda à sexta-feira, das 8h às 16h30

Centro de Convivência do Idoso - Viva Vida Rua Itapira, 260, Jardim Mesquita Horário de funcionamento: segunda à sexta-feira, das 7h às 17h30

Taubaté Além do SESC, a cidade oferece o Projeto Conviver em 17 bairros diferentes. O Projeto Conviver também proporciona ao idoso acesso aos benefícios e serviços socioassistenciais, eventos festivos, encontros, palestras; além das atividades que acontecem no Centro de Convivência da Vila Marli, como coral, dança de salão, hidroginástica e alongamento. As ações visam à integração e participação do idoso na sociedade, contribuindo para reverter à imagem cultural do envelhecimento. Veja algumas opções em Taubaté:


Sesc Taubaté

Avenida Engenheiro Milton de Alvarenga Peixoto, 1264, Esplanada Santa Terezinha

Horário de funcionamento: terça à sexta-feira, das 9h00 às 21h45/ sábados, domingos e feriados, das 9h15 às 18h00

Centro Dia do Idoso “Pe. Hugo Bertonazzi” Rua Doutor Benedito Cursino dos Santos, s/n (esquina com a Avenida Prof. Walter Thaumaturgo – Avenida do Povo) Horário de funcionamento: das 8h00 às 17h00, de segunda à sexta-feira (exceto feriados) Obs: para idosos semidependentes.

Centro de Convivência do Idoso “Darcy Nunes do Nascimento” (sede do Projeto Conviver) Rua Ismênia de Matos Ribas, 65, Vila Marli Horário de funcionamento: segunda à sexta-feira, das 7h30 às 18h30 Para participar do Projeto conviver, deve-se inscrever em uma das unidades do Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) abaixo: CRAS Parque Urupês - Av. Bagé, 166, Parque Urupês CRAS São Gonçalo - Rua Camilo Gomes Quintanilha, 60, São Gonçalo CRAS Santa Tereza - Rua Antonio da Silva Lobo, 1360, Jardim Santa Tereza CRAS Sabaré - Rua Vicente Santoro, 211, Parque Sabaré


Bragança Paulista Em Bragança, o Centro Dia do Idoso oferece acompanhamentos e atendimentos com especialistas, recreações e atividades gratuitas. O Projeto Zona Norte em Boa Forma tem atividades esportivas específicas para idosos, como alongamento, caminhada e recreação.


Centro Dia do Idoso “Irmã Dirce Ramos de Lima” Avenida Eusébio Savaio, 900, Jardim Santa Libânia. Horário de funcionamento: segunda à sexta-feira, das 08h00 às 17h00.

Obs: idosos independentes e com dependência em até três atividades na vida diária, entre eles alimentação, mobilidade e higiene.


Zona Norte em Boa Forma Campo de Futebol do Jardim Fraternidade, rua Paulo Pacitti, s/n

Horário das aulas: segundas, quartas e sextas-feiras, às 08h00.

Fonte: http://g1.globo.com/sp/vale-do-paraiba-regiao/noticia/2015/08/cidades-da-regiao-oferecem-atividades-gratuitas-para-idosos.html​


Como disse acima, esse campo tem muito a ser explorado e discutido. Qual a sua sugestão de atividades de lazer para idosos, após a aposentadoria? Vamos incrementar a nossa lista!


DÉBORA BAUNGARTNER

DÉBORA BAUNGARTNER

Turismóloga, escreve na coluna de Lazer e Turismo do BLOG GERATIVIDADE toda segunda semana do mês.

Para contato: debora.baungartner@gmail.com

Posts Em Destaque
Posts Recentes